Estudo prevê economia de 72% ao substituir madeira por compensado

Fale Conosco
Clique aqui!
X
Chamar agora no Whatsapp!
Atendimento via Whatsapp

Análise comparativa entre custo entre fôrmas de madeira e formas de compensado na construção de vigas e pilares de uma edificação, resultou em economia de mais de 70% ao utilizar chapas de compensados.

O estudo analisou além do custo da madeira e das chapas de compensados, o custo de mão de obra em relação ao tempo de montagem, retirada de material a ser descartado, desmoldantes, etc.

O que chamou atenção foi a diminuição tempo de obra considerando reutilização das chapas e redução de tempo de retirada de materiais para descarte passando de 0,35 hora homem por metro quadrado de forma em montagem com madeira para 0,16 hh/m² para montagem com chapas de compensado.

A redução da quantidade de material descartado também contribui para a redução de custo de compra de material e reduzindo o tempo de execução da obra.

O comparativo das obras foi realizado no ES totalizando 196 m² de forma de pilares por andar em edificações similares com 8 andares.

A comparação foi feita considerando uso de madeira serrada de Pinus em faces dos pilares e estrutura  em relação ao uso de chapas de compensados com estrutura de suporte metálico no sistema SH Fôrmas.

 

 



Deixe uma resposta